1. 1

Serviço - Igreja - Idolatria
Publicado em 2016-03-28

O que dizer acerca de nosso envolvimento com a igreja e de nosso relacionamento com os outros no corpo de Cristo? De acordo com a Bíblia, o padrão mínimo de fidelidade, quando se trata da igreja, parece ser que cada crente deve estar significativamente comprometido com a vida da comunidade da igreja local. E vez após vez, o Novo Testamento parece supor que cada crente está ligado de modo significativo à igreja e comprometido com ela.

Paulo escreve aos crentes da igreja local de Corinto: "Ora, vós sois o corpo de Cristo; e, individualmente, membros desse corpo" (1 Coríntios 12: 27). A igreja local é um corpo, e cada pessoa é um membro desse corpo e contribui para seu bem-estar. Hebreus 10: 25 - 24 deixa claro que não é suficiente apenas estar comprometido teoricamente com a igreja. Devemos "nos estimular ao amor e às boas obras", não deixando de nos congregar, afirma o autor de Hebreus, "fazendo admoestações".

O padrão mínimo de fidelidade aqui é um compromisso significativo com a igreja local – um compromisso para nos reunirmos regularmente com a igreja e a nos envolvermos de forma ativa no encorajamento, no amor e na admoestação dos outros membros da igreja.

Dependendo das circunstâncias de sua vida neste momento, você poderia descobrir que Deus o está chamando para investir mais tempo, energia e atenção para maximizar seu serviço e até mesmo sua liderança na igreja. De fato, não é preciso abrir mão de uma noite extra a cada semana para liderar um ministério a fim de ser um membro fiel da sua igreja, mas isso poderia ser algo muito bom para que você desenvolva frutos na vida da igreja.

Queridos irmãos, todo crente precisa ser membro de uma igreja, mas não somos membros iguais, com o mesmo nível de compromisso. Cada um de nós desempenha um papel dado por Deus, quer seja como um olho, um ouvido ou uma unha de um dedo.

E, sim, é possível transformar o nosso serviço e liderança na igreja em um ídolo. Se o nosso investimento de tempo e energia em nossa igreja nos leva a negligenciar a fidelidade nas outras obrigações dadas por Deus, então temos idolatrado a igreja e precisamos repensar as coisas. Devemos nos guardar do pensamento de que nosso ministério na igreja é de alguma forma indispensável. Não importa o que façamos no corpo de Cristo, nós ainda só estamos regando e plantando. Somente Deus faz as coisas crescerem.

Pr. Artur Coelho




Voltar