1. 1

Motivados
Publicado em 2016-01-22

A singularidade da Igreja é a sua mensagem — o evangelho. A igreja é a única instituição que recebeu de Deus a incumbência de anunciar a mensagem de arrependimento e fé em Jesus Cristo para o perdão dos pecados. Esse evangelho é visualizado nas ordenanças do batismo e da ceia do Senhor, ambas instituídas por Cristo. Portanto, as marcas distintivas da igreja são a pregação correta desse evangelho e a ministração correta das ordenanças que dramatizam o evangelho.

A estrutura que estamos construindo é centralizada fundamentalmente em Deus, é uma estrutura voltada para Deus, uma estrutura cuja intenção é revelar as glórias do caráter de Deus e a verdade de seu evangelho. Também é uma estrutura que olha para o exterior; mas, em sua exterioridade, ela é centralizada em Deus, visto que olhamos para o mundo com o propósito de disseminar o caráter de Deus e o evangelho em todas as nações, a fim de ganhar novos adoradores para Ele e, deste modo, exaltar sua glória.

A igreja local deve sempre manter uma visão nítida e clara da Glória de Deus. Desta forma, fará essa glória se manifestar ao mundo com tanta grandeza como ela realmente possui. O que estamos edificando não é apenas mais uma instituição filantrópica ou uma empresa cristã. Estamos edificando uma estrutura orgânica e corporativa que exaltará a glória de Deus e comunicará fielmente o evangelho.

Em última análise, Jesus é aquele que está edificando a sua Igreja (Mateus 16: 18). Contudo, Ele nos permite, em sua graça, participar do processo de construção. Por conseguinte, temos de edificar, de acordo com a planta bíblica, a estrutura e a vida da igreja. O que você está tentando edificar?

Pr. Artur Coelho




Voltar