1. 1

A missão!
Publicado em 2015-09-25

“Sereis minhas testemunhas.”

É a missão de Cristo! Esse é um ponto muito elementar para o qual Lucas certamente nos alerta no versículo inicial de Atos. Ao longo do livro de Atos, o próprio Senhor é citado como sendo o “ator” principal do livro. Temos referências abundantes do Senhor Jesus agindo na vida das pessoas. O caso mais famoso, é claro, é a narrativa do capítulo 9, que descreve o aparecimento do Senhor Jesus a Saulo de Tarso na estrada para Damasco. E, assim, o Senhor nos ensina na prática a missão que sua igreja deve desenvolver na Terra. A missão da igreja é, essencialmente, glorificar a Deus anunciando a obra de Cristo.

Na missão da igreja de hoje, devemos manter os olhos firmes focados no edificador da igreja. Nossa perspectiva deve ser estruturada pelas verdades inegociáveis sobre Jesus mencionadas por Lucas na parte inicial do livro de Atos, ou seja, as seguintes:

Ele ressuscitou : ele “se apresentou vivo, com muitas provas incontestáveis” (Atos 1: 3).

Ele reina: “(...) aparecendo-lhes durante quarenta dias e falando das coisas concernentes ao reino de Deus” (Atos 1: 11).

Ele voltará: “Esse Jesus que dentre vós foi assunto ao céu virá do modo como o vistes subir” (Atos 1: 11).

Nunca devemos desistir da igreja e de sua missão porque ambas são de Cristo. Portanto, temos um trabalho a fazer. Esse trabalho não é contar a nossa história, mas a história do filho de Deus. Nosso trabalho é contar ao mundo presunçosamente o que as testemunhas oculares disseram e pregaram. Qual é a história delas? O próprio Cristo é o grande tema da missão da igreja.

Pr. Artur Coelho




Voltar