1. 1

Mais do mesmo
Publicado em 2015-05-25

Acredito piamente que a vida cristã é feita de rotina. Deixe-me explicar isso. Devemos separar todos os dias tempo para lermos as sagradas escrituras, para meditação, oração, comunhão e o compartilhar. Isso mesmo, todos os dias devemos buscar estas práticas, sem as quais, jamais cresceremos de maneira saudável. Tais práticas são úteis para nosso crescimento, crescimento familiar, e assim, influenciarmos os que estão a nossa volta.

A Vida cristã não é feita de eventos, não mesmo. Não pode ser baseada em congressos, programas, cultos, pessoas, cursos ou qualquer fator como estes. Certamente, todas estas atividades fornecem aos seus participantes ferramentas e conhecimentos valiosos para o crescimento de nossa vida espiritual. Porém, estes funcionam como suplementos e não como o alimento diário que produz um crescimento natural. Este crescimento, volto a dizer, se da por meio da rotina diária da busca por ouvir, conhecer e obedecer a voz de Deus.

Precisamos crer que a base sólida de uma família, encontra-se justamente dentro da família. Uma família que insiste e investe no seu crescimento rotineiro, tem total condição, dada por Deus, para ser uma família forte. Nossas famílias precisam investir mais nelas mesmo, por elas mesmo. Não pode esperar da igreja, ainda que seja um dos papéis da igreja, este investimento. Sendo assim, uma avaliação deve ser feita por você, pai - líder da família, esposa - fiel ajudadora e filhos - que devem a honra aos seus pais: “diante de seu papel dentro da família, você tem sido fiel, ao padrão estabelecido por Deus em suas tarefas?” Perceba que o padrão é Deus! Não é a minha vontade ou as exigências de nossos tempos. 

Minha oração é que você busque a simplicidade da vida cristã em sua família. Isto nos remete a Deuteronômio 06, quando também somos instruídos a amar a Deus em todos as circunstâncias, a aprender e ensinar na rotina diária de nossa família. Pois é na rotina que Deus fala conosco, fortalece nossos laços e torna indestrutível a família que ele mesmo tem estabelecido.

Pr. Artur Coelho




Voltar