1. 1

O Dom da Amizade
Publicado em 2015-01-26

Nós vemos pelo menos três características de um amigo fiel em Provérbios

Primeira: um amigo fiel está presente em tempos de dificuldade. “Não abandones o teu amigo, nem o amigo de teu pai, nem entres na casa de teu irmão no dia da tua adversidade. Mais vale o vizinho perto do que o irmão longe” (Provérbios 27.10). Dada a importância da família no Antigo Testamento, é surpreendente que Provérbios diga para não ir à casa do seu irmão. O pensamento parece ser o seguinte: “Não negligencie os seus amigos. Eles o apoiarão tanto quanto a sua família”. Contatos são bons. Networking pode ter seu valor. Ter uma quantidade excessiva de conhecidos e pessoas que desejem o seu bem é legal. Não tem problema acumular amigos no Facebook. Mas amizade real é provada na adversidade (Provérbios 17.17). 

Segunda: um amigo fiel sabe como lidar com conflito. Ele não guarda rancor. Ele não guarda um arquivo aberto no cérebro chamado “maneiras pelas quais você me magoou”. Isso não é maneira de fazer amigos ou mantê-los. “Não sejas testemunha sem causa contra o teu próximo, nem o enganes com os teus lábios. Não digas: Como ele me fez a mim, assim lhe farei a ele; pagarei a cada um segundo a sua obra” (Provérbios 24.28-29). Amigos fiéis nunca buscam vingança. Eles são prontos a ignorar defeitos e rápidos em perdoar. “A alma do perverso deseja o mal; nem o seu vizinho recebe dele compaixão”. 

Terceira: amigos fiéis melhoram uns aos outros. “Melhor é ser humilde de espírito com os humildes do que repartir o despojo com os soberbos” (Provérbios 16.29). Esse não é o caminho de um bom amigo. Os seus relacionamentos mais fortes devem ser com aqueles que levam você a Cristo, não com aqueles que o afastam dele. Isso é ainda mais verdade quando você é jovem ou quando está em minoria. Suas amizades mais profundas devem ser amizades no evangelho. É claro, eu seria desleixado se não terminasse esse texto apontando Aquele para quem toda a Escritura direciona. “Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos” (João 15.13). Isso significa que o maior amigo é aquele que mais se entregou por seus amigos. Não há dúvidas de quem é esse.

Jesus nosso maior amigo!

Dedico aos meus amigos!

Pr. Artur Coelho




Voltar