1. 1

(EBD) A família no plano divino – Salmos 127
Publicado em 2017-05-25

Ao criar o homem, Deus estabeleceu a família como núcleo central da sociedade que seria formada. É por esta razão que o salmista diz que tudo será inútil “Se o Senhor não edificar a casa” (Salmos 127. 1). Ele é o Senhor e sabiamente criou primeiro o homem, que, apesar de toda a felicidade no Jardim do Éden, precisava de uma complementação em sua vida (Gênesis 2. 18). Depois criou a mulher, de uma costela do homem, mostrando que os dois deveriam estar unidos e amando-se até o fim. Completando a criação, deu ao homem e à mulher a capacitação da geração de filhos. 

Através da família, Deus deseja cumprir os seus propósitos para com a humanidade. O pecado tem sido o obstáculo para que o homem viva para louvor e glória de Deus. Com a redenção feita através de Cristo, a família pode realizar os planos divinos, desde que reconheça que Deus deve ser o Senhor do lar. 

O inimigo, Satanás, príncipe deste mundo, sabe que, enquanto a família for preservada, seus planos não terão êxito. Por esta razão, Satanás deseja destruir e deturpar o conceito de família. No conceito bíblico, a família é composta por um homem e uma mulher e os filhos que vierem a nascer. O casamento sela uma aliança permanente que só a morte deve separar.

Vivendo numa sociedade corrupta, precisamos, dia a dia, ler a Bíblia, meditar em seus ensinos e, acima de tudo, praticar estes ensinamentos. Os modernos meios de comunicação estão diminuindo a comunhão e a comunicação direta entre os membros da família e tirando o tempo para a realização do culto doméstico, em que a fé cristã é fortalecida. Aproveitemos o mês do lar e o dia de hoje para renovar o nosso compromisso pessoal e familiar de fidelidade a Deus em nossa família.

Pr. Miguel Horvath




Voltar