1. 1

Por que e por quem Cristo sofreu?
Publicado em 2017-04-07

Na próxima sexta-feira, o mundo chamado cristão estará relembrando os sofrimentos e a morte de Jesus Cristo na cruz do Calvário. Queremos meditar um pouco sobre o porquê da necessidade da morte de Cristo e por quem foi este sofrimento.

A morte de Cristo fez-se necessária por causa do pecado pela desobediência de Adão e Eva. O pecado fez a separação entre o homem e Deus. A prova desta realidade ficou patente ainda no Jardim do Éden. Antes de pecar, eles tinham prazer em estar na presença de Deus, em manter comunhão com Ele. Mas, após pecar, Adão e Eva tentaram esconder-se de Deus. As consequências do pecado logo se fizeram sentir. O estado lamentável do mundo é por causa do pecado. O pecado precisava ser vencido.

O poder do pecado na vida do homem é tão forte que o único meio de vencê-lo foi a vinda de Jesus, sua morte e sua ressurreição. Só o derramamento do seu sangue poderia trazer a remissão dos pecados da humanidade (Hebreus 9. 22; Atos 4. 12; I Timóteo 2. 5 e 6).

É preciso que avaliemos o que é pecado. Hoje, a maioria dos homens banaliza a ideia de pecado. No entanto, o verdadeiro conceito de pecado é “estado mau da alma”. O pecado é algo interior e é transmitido no ato da geração, de pais a filhos. O que geralmente chamamos de pecado, na realidade, são frutos do pecado. Jesus Cristo disse: “Porque do coração procedem os maus pensamentos, os homicídios, os adultérios, as prostituições, os furtos, os falsos testemunhos e as blasfêmias” (Mateus 15. 19).

A segunda consideração que destacamos é por quem Cristo sofreu e morreu. A morte de Cristo foi vicária, isto é, em lugar dos pecadores. A morte de Cristo foi por todos os homens, inclusive pela minha e pela sua salvação. Mas isto só ocorre se eu aceitar esta oferta divina. Medite nesta dolorosa verdade: toda a dor, todo o sacrifício de Jesus foi em meu lugar!

Nesta páscoa, pare e pense: A morte de Cristo e sua ressurreição são a única possibilidade do pecado ser vencido e, mais ainda, esta morte foi em meu lugar. Por isso, busque mais a Deus, entregue toda a sua vida em sua mão e lute, com o poder do Espírito Santo, contra o pecado.

Pr. Miguel Horvath




Voltar