1. 1

Amar o Mundo é Proibido?
Publicado em 2014-09-18

Esse é o tema da nossa Conferência Missionária deste ano. Provavelmente, não será difícil respondermos a essa indagação à luz das Escrituras, mas como temos respondido essa pergunta na prática? Sabemos que o mundo, no que se refere ao seu sistema de valores, encontra-se doente e corrompido e, por isso, não merece a nossa atenção, nem mesmo o nosso amor (1Jo 2.15-17). Contudo, esse mesmo mundo também é constituído de homens e mulheres que estão perdidos em seus pecados e que necessitam conhecer o único salvador capaz de reconciliá-los com o Pai, Jesus Cristo. Nesse sentido, o mundo deve ser objeto do nosso amor e paixão por ser um imenso campo missionário.

Diante dessa realidade, como nós (Igreja) temos nos relacionado com o mundo? Infelizmente, alguns cristãos em sua jornada de vida têm se distraído com diferentes atrativos de natureza temporária, tais como busca incessante por bens materiais, riquezas, conforto, entre outros. Prioridades distorcidas. Nesse aspecto, se faz necessário relembrar a esses indivíduos as sábias palavras de C. S. Lewis: “O que não é eterno é eternamente inútil, pois o que não tem valor no céu não merece a nossa preocupação aqui na terra”. Conscientes do que Deus espera do seu amado povo, resta-nos apenas demonstrar nossa obediência ao Senhor da Seara, participando ativamente da expansão do Evangelho entre todas as nações. Deus deseja se tornar conhecido entre todos os povos e a maneira com a qual escolheu realizar a sua vontade foi separando um grupo especial chamado Igreja para levar as boas novas da salvação ao pecador perdido. Amemos, portanto, as diferentes nações, respirando MISSÕES. Prossigamos juntos em obediência ao Missionário por excelência.

Pr. Roni Santos




Voltar