1. 1

Aprender a aprender
Publicado em 2016-11-18

“Aprendi a estar satisfeito em todas as circunstâncias…”, palavras do Apóstolo à igreja de Filipos – Filipenses 4.11.

Aprendeu como? Acredito que da maneira mais comum e do jeito que a maioria das pessoas aprendem algo: o resultado entre a junção de conhecimento teórico com experiência prática. O melhor caminho para o aprendizado.

O conhecimento teórico de Paulo, sem dúvida nenhuma, parte de toda escritura que ele havia estudado antes e depois de conhecer a Cristo. Ele conhecia abrangentemente Habacuque 3.17-18: “Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto nas videiras; ainda que o produto da oliveira falhe, e os campos não produzam mantimentos; ainda que o rebanho seja exterminado do estábulo e não haja gado nos currais; mesmo assim, eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação.” Tinha conhecimento teórico sobre a postura de um profeta, em um período específico do povo de Israel.

Paulo conhecia também a perspectiva dos Salmos, dos outros profetas e da lei sobre a real possibilidade de nos contentarmos em Deus em meio às durezas da vida, porém, Paulo também experimentou, na prática, como se dá o que Habacuque havia escrito. Em Atos 16, encontramos Paulo sendo convidado a passar alguns dias na casa de Lídia (uma mulher próspera da região). Possivelmente, naqueles dias, ele desfrutou de comida abundante, cama confortável, companhia agradável e ambiente propício e favorável à pregação do evangelho, mas, logo em seguida, ele é capturado, espancado e preso. Paulo não viveu apenas essa experiência desconfortável. Seu relato em II Coríntios 11.16-33 vai nos mostrar outras experiências como esta. 

Queira o Senhor nos dar condições de aprendermos a nos contentar nEle, estudando as escrituras e vivendo com a força dEle as circunstâncias difíceis da vida. Em II Crônicas 20.12 lemos: “Ó nosso Deus, tu não os julgarás? Porque nós não temos força para resistirmos a essa grande multidão que nos ataca, nem sabemos o que faremos; porém os nossos olhos estão voltados a ti.”

Que o Senhor nos ensine dia a dia.

Pr. Denis Araujo




Voltar