1. 1

O pastor modelo
Publicado em 2016-06-10

Neste domingo, em que as igrejas batistas celebram o Dia do Pastor, gostaria de convidá-los a refletir sobre o que seria um “Pastor Modelo”. Quais as características ideais de um pastor para que ele conduza o seu rebanho segundo a vontade de Deus?

O “Pastor Modelo” tem que:
- Sentir paixão pelas almas, fazendo tudo que estiver ao seu alcance para levá-las à salvação através de Jesus Cristo
- Ser amoroso com todos, mesmo que seu amor nem sempre seja correspondido e seu coração esteja pesaroso pelas provas em sua própria vida
- Dobrar os seus joelhos buscando ao Senhor em constante oração, intercedendo por suas ovelhas e por sua própria vida
- Conduzir a sua família, como marido e pai, de forma exemplar para todas as famílias da igreja
- Alegrar-se com a alegria de suas ovelhas. O irmão que conquista um novo emprego, aquele que entra em uma almejada vaga na faculdade, o que consegue realizar o sonho da casa própria e a felicidade estampada no rosto de um casal de noivos que se unem em matrimônio
- Chorar com os que choram. Sacrificar momentos de convívio familiar para estar ao lado de uma ovelha que está hospitalizada, dar seu ombro amigo para consolar alguém que perdeu um ente querido, ouvir e consolar um pai e uma mãe que descobrem que o filho se envolveu com drogas
- Apresentar a pequena ovelhinha à igreja, sob o olhar emocionado dos pais, consagrando-a ao Senhor e depois cuidando de sua vida para que tenha um crescimento espiritual saudável
- Cuidar e orientar os jovens e adolescentes com muita responsabilidade, preparando-os para serem os obreiros de amanhã
- Ser paciente ao conversar com os idosos da igreja, ouvindo inúmeras vezes a mesma história, sempre com muito amor e respeito

Analisando esses predicados, vemos que somos providos de pastores comprometidos com a obra de Deus, que cuidam de nossas vidas de forma tão amável e, por isso, devemos agradecer-lhes e orar por suas vidas, não somente neste dia, mas diariamente, para que o Senhor os fortaleça e continue usando as suas vidas na condução do rebanho.

“Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, não por força, mas espontaneamente segundo a vontade de Deus; nem por torpe ganância, mas de boa vontade; nem como dominadores sobre os que vos foram confiados, mas servindo de exemplo ao rebanho. E quando se manifestar o sumo Pastor, recebereis a imarcescível coroa da glória.” – I Pedro 5: 2 - 4.

Presidente do Ministério Diaconal da Igreja Batista de Vila Mariana

Anselmo T. Benetti




Voltar